Evolução: Ação Civil Pública impetrada pela ASERC/SECOBESP

Conforme já noticiado, a ASERC e o SECOBESP , ingressaram com representação junto ao TCU e ação pública junto ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro contra a contratação direta do Banco do Brasil da empresa Cobra Tecnologia para cobrança de sua carteira, levando às empresas já contratadas a uma situação de extrema dificuldade sem contar com os recursos advindos de seu trabalho e investimentos.

Essas empresas que empregam mais de 5.000 funcionários, ainda terão que arcar de pronto, com os custos da dispensa desses trabalhadores gerando um passivo inoportuno e indesejável.

Registre-se ainda as conseqüências sociais com essa dispensa inevitável de trabalhadores, em sua maioria no seu primeiro emprego, agravando ainda mais o índice de desempregos no país, em um momento totalmente impróprio, indo na contra mão dos esforços para a recuperação  da nossa  economia.

  • Felizmente, nossos esforços começaram a dar frutos,  como se vê pela decisão favorável ao nosso pleito junto ao Poder Judiciário, através do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, de 30/07 , em que foi deferida a TUTELA ANTECIPADA , obstando o prosseguimento do processo de contratação  na forma contestada. CLIQUE AQUI
  • Estamos publicando também o nosso pedido ao TCU da ratificação da sentença e que os contratos sejam prorrogados conforme texto da petição. CLIQUE AQUI

Os Associados da ASERC e sindicalizados SECOBESP poderão acompanhar o desenrolar do processo através dos sites www.aserc.org.br/www.secobesp.org.br e nos informes que transmitiremos diretamente aos interessados que se cadastrarem junto ao mesmo endereço.

CADASTRE AQUI:

 secretaria@aserc.org.br

11 3104-5160

Fonte: Redação SECOBESP

Deixe uma resposta